top of page

Inflação em Queda: Saiba o que isso impacta nos restaurantes



Desaceleração da inflação 

Janeiro de 2024 trouxe uma desaceleração na inflação brasileira, com o IPCA marcando um aumento de apenas +0,42%, uma queda em relação ao índice de +0,56% observado em dezembro de 2023. Esta mudança foi influenciada principalmente pelos segmentos de Alimentação e Bebidas, que tiveram um acréscimo de +1,38%, e Saúde e Cuidados Pessoais, com um aumento de +0,83%. 



Impacto no Setor de Alimentação e Bebidas  

O grupo de Alimentação e Bebidas foi um dos principais responsáveis por essa desaceleração, apresentando um crescimento de +1,38% nos preços. Dentro deste segmento, a alimentação no domicílio teve um destaque com um aumento de +1,81%, impulsionada principalmente pelos preços de itens básicos. 



O Cenário dos Restaurantes e Bares  

Especificamente no setor de Restaurantes e Bares, a inflação foi de +0,25% em janeiro, posicionando-se abaixo da média geral. Esse índice reflete o 26º mês consecutivo de aumento nos preços, apesar do ritmo mais ameno de crescimento. 



Variações de Preços em Detalhe 

  • Doces em Queda: Notavelmente, o segmento de doces viu uma redução de -1,61% em seus preços, marcando uma exceção à tendência de inflação. 

  • Alta nos Preços de Sorvete e Cafezinho: Produtos como sorvete (+1,26%) e cafezinho (+1,07%) experimentaram aumentos acima do índice geral, refletindo variações específicas de mercado. 

  • Moderados Aumentos em Bebidas e Lanches: Bebidas como cerveja (+0,34%) e itens de menu como lanches (+0,32%) e refeições (+0,17%) apresentaram ajustes de preços mais modestos. 



Análise realiza pela Future Tank, Consultoria de estratégia e gestão e parceira da ANR.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page