7 dicas para reduzir o desperdício de alimentos em restaurantes




Um prato meio comido de batatas fritas. Um saco murcho de alface romana. Limões mofados. Cenouras moles. Peito de frango que foi deixado de fora por muito tempo. Uma entrada que foi inserida incorretamente em seu sistema de PDV.

Estes são apenas alguns exemplos de como é o desperdício de alimentos em restaurantes.

O desperdício de alimentos não é apenas ruim para o meio ambiente, mas também afeta negativamente as margens de lucro do seu restaurante. Todos os anos, a indústria de restaurantes perde uma quantia chocante com o desperdício de alimentos: US$ 162 bilhões.

Na maior parte, o desperdício de alimentos em restaurantes decorre da compra excessiva, superprodução e deterioração.


Sem mais delongas, aqui estão algumas maneiras pelas quais seu restaurante pode começar a gerenciar o desperdício de alimentos:


1. ATUALIZE OS SISTEMAS DE PEDIDOS COM A MAIS RECENTE TECNOLOGIA

A tecnologia de restaurantes aumenta a eficiência e o sucesso do seu negócio. Isso garantirá que sua cozinha apenas peça o que é realmente necessário. Ser capaz de acessar padrões históricos de pedidos por meio de sistemas de pedidos ajudará você a prever a quantidade de alimentos necessária.


2. ENSINE SEUS FUNCIONÁRIOS

Seus funcionários terão o maior efeito sobre a quantidade de comida desperdiçada em seu restaurante, pois são eles que manipulam diretamente os alimentos diariamente. Proprietários, operadores e gerentes podem ser os que pedem os alimentos, mas também devem ser os que estabelecem os padrões de como os alimentos são armazenados, gerenciados e usados. Os funcionários podem aprender como tirar o máximo proveito de um corte de carne, como utilizar sobras, técnicas para manter os alimentos frescos por mais tempo e usar primeiro os alimentos mais velhos. Além disso, é uma boa prática que seus funcionários perguntem aos clientes se eles têm alguma alergia alimentar e repitam o pedido de volta à mesa para garantir que esteja correto.


3. CONSIDERE O ARMAZENAMENTO DE ALIMENTOS

O armazenamento de alimentos é extremamente importante para aumentar a vida útil. Nem todos os seus ingredientes serão armazenados da mesma maneira, é claro, então considere qual é o armazenamento ideal para cada item individual. Observe que frutas e vegetais são os mais desperdiçados (45% de tudo o que é produzido vai para o lixo). Para outros alimentos, 35% dos frutos do mar, 30% dos cereais e 20% da carne e laticínios produzidos são desperdiçados por consumidores, fornecedores e varejistas a cada ano. Refrigeradores e freezers devem ser monitorados com sensores digitais para garantir que mantenham temperaturas seguras.

A rotulagem é fundamental: uma vez que os itens são abertos, a data de abertura ou data de validade deve ser escrita nele. Itens caseiros, como molhos e molhos, também devem ter uma data em que foram feitos.


4. OTIMIZE AS CADEIAS DE SUPRIMENTOS

Quando a comida é transportada de centenas a milhares de quilômetros, as chances de estragar durante o trânsito ou logo depois são altas. Se você coordenar uma cadeia de suprimentos eficiente, isso levará os produtos ao restaurante mais rapidamente e reduzirá o risco de perda de alimentos ao longo do caminho.


5. ALIMENTE AS PESSOAS NECESSITADAS

Com tantas pessoas passando necessidades, é ilógico que tanta comida seja jogada fora. Um terço de toda a comida produzida vai para o lixo, quando poderia estar indo para uma pessoa necessitada. Como um restaurante movimentado, você deve encontrar uma organização que ofereça horários e transporte flexíveis.


6. FAÇA COMPOSTAGEM OU RECICLE

A perda de alimentos se transforma em lixo, uma boa opção é a compostagem de resíduos orgânicos como alimentos, toalhas de papel, guardanapos e utensílios biodegradáveis. Quando o restaurante opta por compostar e reciclar, eles podem reduzir seus resíduos em quase 90%.


7. CONSIDERE OS TAMANHOS DAS PORÇÕES

Seus pratos vêm com guarnições que os clientes nunca comem? Considere encontrar maneiras criativas e bonitas de servir pratos sem guarnições que sempre vão direto para a lixeira. Coloque itens de menu com porções apropriadas em pratos menores para fazer com que os clientes ainda sintam que têm um prato muito cheio (o que eles estão acostumados a ver na maioria dos restaurantes), apesar do fato de terem menos comida.

5 visualizações0 comentário