Como iniciar uma dark kitchen?




As dark kitchens vêm destacando a necessidade de as empresas do setor de restaurantes adaptarem seus modelos de negócios para a transformação digital, a fim de incorporar serviços de entrega. Esse novo conceito de negócio consiste em uma cozinha onde todos os tipos de pratos para viagem são preparados e entregues aos clientes por meio de aplicativos de entrega de terceiros ou soluções personalizadas de entrega integrada.


Este sistema gastronômico nasceu como forma de se adaptar às novas necessidades e hábitos dos clientes. Agora, mais do que nunca, os clientes estão recorrendo a pedidos on-line em diferentes setores para simplificar suas vidas. Os restaurantes precisam se adaptar a essa tendência se quiserem permanecer competitivos na indústria de alimentos altamente saturada de hoje.


O que é uma dark kitchen?

A dark kitchen é um novo modelo de negócios que surgiu há alguns anos e se expandiu rapidamente como resultado da crise de saúde em torno do coronavírus. As dark kitchens não possuem assentos, mesas ou garçons porque são usadas exclusivamente para fins de entrega. São basicamente o formato de e-commerce dos restaurantes, que se dedicam à preparação e entrega de refeições. As dark kitchens podem ser geridas por restaurantes, empresas especializadas ou empresas de entregas.


A criação de dark kitchen é uma iniciativa da economia colaborativa. O conceito já está bem estabelecido. Para os clientes, esses restaurantes somente delivery são empresas digitais que atendem às suas necessidades imediatas e respondem às tendências atuais da indústria alimentícia.


Além de mudar a economia global, as plataformas de entrega em domicílio estão transformando o comportamento do consumidor. Essas mudanças são excelentes para o setor de restaurantes, mas deve-se notar que o setor de entregas se tornou extremamente competitivo. Agora, a estratégia dos restaurantes e das plataformas de entrega em domicílio consiste em implementar políticas agressivas de preços e oferecer descontos, o que é possível com dark kitchen.


OS 3 PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DAS DARK KITCHENS


Custos de investimento mais baixos: Seus custos são muito menores do que os de um restaurante tradicional porque você não precisa gastar dinheiro com mesas, cadeiras, decoração, louças, guardanapos etc., pode esquecer tudo sobre o dinheiro que você normalmente teria que desembolsar em tais custos relacionados. Além disso, você pode economizar nos custos de aluguel para não precisar mais pagar o preço mais alto para estar em uma rua movimentada.


Custos de mão de obra reduzidos: Um negócio desse tipo reduz substancialmente o número de funcionários que você precisa em nossa equipe. Na verdade, todos os seus trabalhadores se concentram na produção. Como você não tem um espaço físico para os clientes comerem, você pode economizar muito dinheiro. Você não precisa contratar garçons, recepcionistas ou seguranças, o que representa uma enorme economia de custos com pessoal.


Competitividade de preços: Devido à economia de custos que você consegue alcançar (suprimentos, imóveis, mão de obra, equipamentos, custos indiretos etc.), você pode otimizar sua estratégia de preços. As dark kitchens são capazes de reduzir os custos de seus itens de cardápio para obter uma vantagem competitiva no mercado.


PASSOS PARA ABRIR UMA DARK KITCHEN


1. Encontre um bom local e compre o equipamento necessário

A eficiência é fundamental para dark kitchen. Você deseja encontrar um espaço funcional em um local estratégico para otimizar o tempo de viagem. É importante que tudo esteja organizado em seu ambiente de trabalho e que você compre todos os equipamentos necessários para que sua equipe possa preparar rapidamente os pedidos.


2. Crie um plano de marketing sólido

Seu plano de marketing será a espinha dorsal de sua dark kitchen, então você quer ter certeza de que está no ponto certo. Como parte de sua estratégia digital, você deve ter um site fácil de usar e atraente, com um sistema integrado de pedidos online. Você também deve aproveitar as redes sociais para se conectar com os clientes e comunicar ofertas e promoções. Considere contratar um fotógrafo profissional para tirar fotos de dar água na boca de seus pratos para convencer os clientes a comprar.


3. Invista em ferramentas tecnológicas

Como mencionado anteriormente, as dark kitchens são basicamente a versão de comércio eletrônico dos restaurantes, então a tecnologia é uma grande parte de seu sucesso. Os restaurantes que desejam abrir dark kitchens devem ter uma aplicação de pedidos online para gerenciar seus pedidos. Uma ótima estratégia é aquela que combina o uso de aplicativos de terceiros com seu próprio sistema de pedidos online. Dessa forma, você pode alcançar mercados que estão fora da sua base de clientes e se beneficiar de taxas de comissão mais baixas.


4. Obtenha todas as licenças necessárias

Antes de abrir seu negócio, você terá que obter todas as licenças e autorizações necessárias. No lado positivo, você precisa de menos permissões para abrir uma dark kitchen do que um restaurante. No entanto, considerando que este é um modelo de negócios emergente, as inspeções sanitárias provavelmente serão muito rigorosas.


Pronto para a transformação digital do seu restaurante?

9 visualizações0 comentário