O Futuro do delivery

Atualizado: 20 de out.


Por Herbert Gonçalves


Como todos bem sabem, o setor de delivery teve um verdadeiro boom nos últimos anos em decorrência de uma pandemia sem precedentes. Nos primeiros dois meses de pandemia em 2020 o mercado cresceu o esperado para os próximos 5 anos!


Com esse imenso crescimento que aqueceu o setor, um nome ganhou destaque: “MARKET PLACE”!


É bem sabido que os market places, em especial o líder com mais de 80% do mercado, contribuíram para o avanço do delivery em questão de tecnologia, logística, barreira de entrada mais baixa e oportunidade para aqueles que perderam seus empregos na pandemia.


Quem sabia cozinhar abriu um delivery na cozinha da própria casa, aqueles que não tinham aptidão para tal, subiram em cima de uma motocicleta e foram heróis em duas rodas garantindo que centenas de milhares de brasileiros pudessem se alimentar em meio ao confinamento.


Mas, afinal de contas, o que eu quero dizer com tudo isso?


Por causa desse crescimento exponencial, quando se fala em “delivery” se entende market place. Claro, todo mérito das plataformas de pedidos, mas não foram os market places que inventaram o delivery. Pizzarias já faziam delivery há mais de 30 anos e continuam a fazer até os dias de hoje…


O futuro do delivery é e sempre será oriundo de sua origem: as vendas diretas. Ou seja, aquelas vendas realizadas pelo próprio canal, onde não se pagam comissões! Você ainda tem dúvidas? O futuro do delivery é as vendas diretas, em especial, com a ajuda de um grande aliado: o aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp.


Para quem ainda não sabe, o WhatsApp será o maior concorrente dos market places, pois já conta com autorização do BACEN (Banco Central) para ser uma fintech, para quem ainda não está familiarizado com o nome, será como um “NuBank da vida” onde o usuário poderá abrir uma conta, ter cartão de crédito, solicitar empréstimo e realizar investimentos. Não sei se você já percebeu, mas hoje, o aplicativo na versão business já dispõe de ferramentas onde é possível transferir e receber dinheiro, fazer anúncios no Facebook (direto do WhatsApp) e fazer parte de uma aba exclusiva de Guia de Negócios parecida com o Market do Facebook!


Grandes marcas como McDonald's e Burger King, assim como grandes marcas nacionais, já estão caminhando para esse oceano azul pouco explorado chamado venda direta. Muitos me perguntam: “Mas, Herbert como o WhatsApp pode ser um grande aliado para o futuro do delivery?”


Todo e qualquer negócio sobrevive e cresce com base na recorrência de clientes, vou te explicar nas próximas linhas dois pontos importantes onde o aplicativo de mensagens vai te ajudar e findar de uma vez por todas as vendas diretas como o futuro do delivery.


Em Terra de Delivery, quem tem base própria de clientes, é Rei!!


Cliente de market place é cliente da plataforma e não seu. Você, antes de mais nada, precisa ser dono dos seus próprios clientes, pois isso te ajuda a ter previsibilidade de faturamento, algo impossível de ter quando você é refém das plataformas.


Em um exemplo prático, supondo que você tenha 2000 pessoas em uma lista de transmissão no WhatsApp e o seu concorrente ao lado tenha apenas 800 pessoas na lista dele, nesse jogo, quem ganha é você já que tem mais pessoas para ofertar e gerar venda.


Mas, vamos imaginar outro cenário, onde o seu concorrente que está do outro lado da rua também tenha 2000 pessoas na lista de transmissão assim como você. Nesse jogo, onde a base é igual, quem ganha? Ganha o jogo quem tem mais dinheiro em caixa para investir e fidelizar cada vez mais a sua base, e quem tem mais dinheiro em caixa para investir é justamente quem paga menos comissão para os market places.


Um outro ponto muito interessante a se abordar, levando em consideração a recorrência de pedidos, são os programas de assinaturas ainda pouquíssimo explorados por donos de delivery.


Imagine que você tenha um cliente, que compra em seu restaurante todo fim de semana, com uma recorrência de 4 compras no mês. Se ele é tão fiel assim, porque não oferecer um programa de assinatura onde esse mesmo cliente possa assinar um pacote de 3 meses, com direito a 12 pedidos com bom desconto?


Você deve estar se perguntando neste exato momento: Será que meus clientes fiéis fariam uma assinatura dos meus produtos?


Pode ter certeza: As pessoas não sabem o que querem até você mostrar a elas! Quem não oferece, não vende!


Sabe o que você ganha com isso? Dinheiro em caixa de forma antecipada, e o melhor, sem pagar juros. Isso te garante caixa para investir em novos equipamentos, aumento de estrutura, maior investimento em marketing e visibilidade, abrir atendimento no salão caso você trabalhe com uma dark kitchen e aumentar o branding da sua marca, ou quem sabe, abrir uma filial do seu negócio.


Caro leitor, entendo perfeitamente que neste momento você deve estar maravilhado com infinitas possibilidades para o seu delivery, mas saiba que, tudo isso só é possível com investimento em vendas diretas e criação de base própria de clientes!


E finalizo, afirmando com veemência, que os negócios que irão se destacar no futuro, são justamente aqueles que já investem em venda direta hoje. Quem chega primeiro, sempre beberá água limpa.


Seja bem-vindo ao futuro que começa hoje!

 


6 visualizações0 comentário